3 de ago de 2017

Motivos para assistir Dear White People






Olá, pessoas. Hoje eu to aqui pra exaltar uma série incrível e que apesar de ter feito lá seu barulho não parece ter chegado com tanta força ao grande publico, pelo menos não como outras séries conseguiram chegar. Dear White People conta um pouco da vida dos estudantes de Winchester (uma universidade fictícia) mais especificamente de uma comunidade negra dessa universidade, a série usa da acidez e ironia para denunciar formas de racismo e nos entrega episódios incríveis que todos precisam assistir e é por isso que trouxe cinco motivos para você não deixar de assistir a série.

1. "Pequenos racismos" que nem sabemos que cometemos

Dear White People aborda o racismo em todas as suas formas, mas o que parece ser mais importante notar na série é como fizeram questão de mostrar que pequenos racismos não são tão pequenos assim, em uma das cenas da série durante uma festa um branco diz uma palavra enquanto canta uma música, um dos personagens negros pede para que ele não a diga e esse pequeno ato leva a uma situação muito maior. Ao mostrar essa situação a série faz com que finalmente as pessoas possam entender que pequenos atos levam a grandes atos e que permitir esses racismos que parecem pequenos é permitir que outros grandes sejam cometidos.

2. A luta pesa

Como personagem "principal" da série temos Samanta White, ela é militante dessas que não largam a luta por nada e durante os dez episódios da série começamos a ver como toda essa luta pode ser um peso, é esperado de alguém que luta por uma causa a perfeição, nada pode sair das regras pois o julgamento será enorme, mas as pessoas são apenas humanas. Logo no inicio da série descobrimos que Sam tem um namorado branco, a verdade é que isso nem devia ser levado como um erro, mas ela é militante e a situação acaba sendo estranha para quem olha de fora, além disso a série vai mostrando o quão cansada Sam está, não que ela pretenda deixar de lutar pelo que acredita, mas uma folga e um pouco menos de julgamento é importante.

3. O racismo atinge as pessoas de formas diferentes

Em dez episódios a série nos entrega visões diferentes e vivências diferentes. Temos jovens que encaram a luta de frente e serem ativos no processo de mudança, temos os que estão cansados e só querem viver a vida em paz e temos os que querem lutar mas de forma diferente. A série mostra que as pessoas são diferentes, são atingidas pelo racismo de diferentes formas e vêem as situações de formas diferentes, as vezes o que incomoda uma pessoa não incomoda tanto assim outra, mas mesmo que uma delas não esteja incomodada não quer dizer que é certo.

4. O racismo está em lugares inesperados

Uma universidade talvez devesse ser um lugar de pessoas esclarecidas, mas a verdade é que nem tanto. A série mostra o quanto o racismo é recorrente nesse espaço, mesmo que de forma velada. O preconceito está em muitas ações, até em ações que se tornam normais na vida das pessoas e que acabam passando despercebidas como se não fossem incomodar ou machucar ninguém.

5. A série incomoda

Dear White People foi feita pra incomodar, foi feita pra fazer quem assiste pensar em suas próprias ações, se você é branco, assiste a série e acaba se incomodando em alguma cena é melhor repensar algumas atitudes, mas acima de qualquer coisa a série incomoda porque sabemos que tudo o que vemos está de fato acontecendo, todas as situações de racismo e preconceito estão de fato acontecendo no mundo, estão de fato fazendo alguém se amar menos por uma cor de pele ou fazendo alguém sofrer. A série precisa ser assistida porque precisa incomodar, precisa deixar em todos nós a sensação de que temos algo pra mudar no mundo e que não vai ser nada fácil.

E é por aqui que termina esse post que eu espero ter convencido vocês de que essa série merece chances e fazer mais barulho do que anda fazendo, Dear White People já tem segunda temporada confirmada que deve começar a ser produzida ainda esse ano, só não tem data de estreia ainda. Não deixem de comentar e nos seguir por ai pra saber tudo o que acontece aqui no blog.


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Segue o Página 394

Twitter

Nosso instagram